Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Não Passes com Ela á Minha Rua

Classe pura na forma de cantar, quem sabe não esquece falo de Fernanda Maria, a prova que cantar o fado, não é gritaria, é alma e saber colocar a voz na música no tempo certo A letra deste fado é de Carlos Conde e a música de Miguel Ramos Fado Alberto 

 Ao fim de tantos anos de ser tua Amaste outra, casaste, foste ingrato Vi-te passar com ela á minha rua Abracei-me a chorar ao teu retrato Podia insultar-te quando te vi Ferida neste amor supremo e farto Mas vinguei-me a chorar, chorei por ti Por entre as persianas do meu quarto Eu bem sei que me tentas convencer Mas o que me propões, não é bastante Se não servi, p'ra ser tua mulher Também não devo ser a tua amante Casaste, sê feliz, Deus te proteja Não te desejo mal, e tanto assim Que não tenho ciúme nem inveja Como a tua mulher teve de mim Mas olha meu amor, eu não me importa Antes que fosses dela, eu já fui tua Podes sempre bater á minha porta Mas não passes com ela á minha rua

1 comentário:

Rere disse...

Thanks for sharing

visit our website

ittelkom jakarta