Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Viva vivida

Pela terceira vez trago aqui o saudoso Carlos Barra

Letra de João de Freitas música de Filipe Pinto-meia-noite

Volta atrás vida vivida
Para eu tornar a ver,
Aquela vida perdida,
Que eu nunca soube viver.

Voltar de novo, quem me dera
A tal tempo, que saudade,
Volta sempre a primavera,
Só não volta a mocidade.

O tempo vai-se passando
E a gente vai-se iludindo,
Ora rindo ora chorando,
Ora chorando, ora rindo,

Meu Deus, como o tempo passa
Dizemos de quando em quando,
Afinal o tempo fica,
A gente é que vai passando



video

Sem comentários: