Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

segunda-feira, 11 de Agosto de 2014

Não rias

Ricardo Ribeiro cada ano que passa, cada vez melhor, mais experiente mas a mesma alma fadista o mesmo amor ao fado, que me habituei a ver e a sentir, desde os seus primeiros passos pela mão do saudoso António Ferreira e com o amparo carinhoso e amigo do grande mestre Fernando Maurício 

 Trago aqui um fado com letra de Ivete Pessoa (também ela fadista) para a música do fado Tertúlia de Armando Machado

Não sei porque razão te quero tanto
E é louco por ti, meu coração
Não sei porque razão este meu pranto
Só riso te provoca, sem razão 

Não rias meu amor 
Da minha grande dor 
Não rias por favor do meu sofrer 
Tem cuidado comigo 
Talvez p'ra teu castigo
A sorte á minha porta vá bater

Podes seguir na vida sem cuidado 
E podes fazer juras, a mentir 
Mas olha meu amor, estás enganada 
Que a vida não é só levada a rir





video