Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

Jardim do coração

Na voz dum grande fadista popular e ao mesmo tempo um grande atleta, várias vezes campeão nacional em culturismo, de seu nome Vítor Miranda que cantou vários anos no Restaurante Típico os Ferreiras em Lisboa e agora tanto quanto julgo saber canta numa casa no Monte da Caparica.

A letra é de Torre da Guia e a música de Nuno de Aguiar


Tenho um jardim
dentro do meu coração
uma camélia paixão
duas rosas sem defeitos
E lá no meio
pequenina e florida
a flor da minha vida
um lindo amor perfeito

A minha vida
tem agora mais sentido
o meu fado é mais vivido
o tempo mais dimensão
porque tenho
quatro singelas flores
quatro vidas quatro amores´
no jardim do coração

Quando adormeço
entrego o meu pensamento
ao suave encantamento
das flores do meu jardim
e quando acordo
do meu sonho
imaginado
sinto o viço perfumado
das flores dentro de mim

A minha vida
tem agora mais sentido
o meu fado é mais vivido
o tempo mais dimensão
só porque tenho
quatro singelas flores
quatro vidas quatro amores´
no jardim do coração




4 comentários:

Anónimo disse...

É uma vergonha de vez colocar os artistas de quem celebrizou os fados vão colocar artistas que não teem nada seu infelizmente muitas vezes mal cantado e mal dito, só sabem copiar o que é dos outros e querem ser artistas á força com as coisas dos outros, o fado é a grande vergonha em tanto copiar, será que estes artistas não sabem criar nada seu, é mais fácil copiar e não teem tanto trabalho!

Laura Antunes disse...

Quem colocou o comentário que está em cima foi quem gosta muito de fado, mas detesto de ouvir fados a quem não são os próprios, catem os próprios! são mais aceites, quando estou ouvir estes artistas com coisas dos outros, estou só a pensar nos próprios e o porquê não é eles, não falo só deste fado mas sim de muitos outros, é só vergonha no fado aceitam tudo. Eu se tivesse numa rádio nunca colocaria artistas a cantarem coisas dos outros, se quisessem serem ouvidos na rádio tinham que terem reportório próprio senão ninguém os ouviam

Anibal Lourenço disse...

Olá Laura, tem muita razão quando diz que o nosso fado é uma vergonha, toda a gente quer cantar, mas saber cantá-lo falta muito, e não se põem a estudar é mais fácil copiar pelos os outros, quando se vai ouvir fado em certos sítios já quase sabemos de cor o que eles vão cantar, depois vêem os próprios criadores e estudiosos de fados já não podem cantar esses fados, mas á alguns que cantam porque o próprio publico o pedem, é na maneira que se sabe que o publico é bom.

Luís Maia disse...

se fosse assim alguns fados mais antigos desapareciam quando os seus criadores morressem talvez Antonio Torre da Guia possa dizer quem foi o criador do fado Olhai a noite Berta Cardoso ? António Calvário ?. Afinal o criador é o poeta e o seu fado deverá ser cantado por
quem ele quiser