Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Fado Mayer



Que ninguém falhe a um espectáculo de sonho, para os amantes de fado e quem ainda não gosta, vá também porque passa a gostar.

No S.Jorge em Lisboa sexta feira 22 de Abril pelas 21 e 30 horas.

Quanto aos participantes, todos aqui representados, podem ser por isso relembrados antes de os ouvir ao vivo.

Trago agora um deles, Filipe Duarte, a cantar o Fado Mayer com música de Armando Augusto Freire (Armandinho) para uma letra de Linhares Barbosa

Foi má não minto, falsa ruim vil cruel
Mas não consinto que ao pé de mim, digas mal dela
Foste banal, não se perdoa, não é decente
Dizer-se mal, duma pessoa, que está ausente

Não, não tolero
Nem espero trazer de novo á cena
Dor, que ainda me dói, não foi nada contigo
Não, não tolero
A não ser que tenhas pena
De não seres como ela foi, para meu maior castigo

Tudo ruiu como um castelo feito de areia
Deves ter brio e não trazê-la á minha ideia
Agora é tarde para censuras, sabe-lo bem
Que Deus a guarde de desventuras e a nós também



video

Sem comentários: