Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

sábado, 20 de março de 2010

Disse mal de ti

Hoje trago Amália Rodrigues, como já disse, não a homenageio aqui mais vezes porque felizmente a grande Amália é amplamente divulgada e só não ouve fados dela quem não quiser. Hoje a ideia é relembrar um grande poeta do fado de nome Linhares Barbosa o autor deste fado e pelo menos mais 7 que aqui podem ser escutados procurando ao lado pela indicação da etiqueta respectiva.

Pode ler-se no blog de Vitor Marceneiro, Lisboa no Guiness, um documento sobre a vida deste grande poeta do fado

A música deste fado é do Fado bizarro da autoria de Acácio Gomes


Fui dizer mal de ti a toda a gente,
Jurei, teimei, a todos convenci
Que és um impostor que nada sente
E ainda hoje disse mal de ti

Afirmei que me bates, que me oprimes,
Que és covarde, que és cínico e promíscuo
Serias bem capaz dos maiores crimes,
Se te pagassem bem. Disse tudo isto

Todos me acreditaram cegamente
Alguns olhos e lágrimas luzindo
Chorei, gritei, gemi cinicamente,
Mas cá dentro minha alma ia sorrindo

Na boca das mulheres vi o lume
Do ódio, do rancor que eu acendi!
Menti a toda a gente por ciúme!
Só eu quero gostar, gostar de ti




video


Contudo não fico por aqui e em visita que fiz a blogs amigos de gente fadista permito-me destacar e recomendar uma visita ao Fado em vinil de Fernando Batista e ouvir

Sem comentários: