Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

sábado, 7 de junho de 2008

Rosa Caída

Não tenho informação precisa acerca da autoria desta letra aqui cantada por Maria da Nazaré, com música do Fado Tango da autoria de Joaquim Campos

Maria da Nazaré nasceu no Barreiro, então uma das zonas industrias de maior projecção em Portugal. Cedo partiu para Lisboa, onde se radicou no Bairro de Campo de Ourique. E aí começou a cantar, ao despertar para a adolescência. Primeiro em serões de amigos, e logo depois integrada nas sessões para trabalhadores organizadas pela antiga FNAT (hoje INATEL). Nesta mesma altura, pelos finais dos anos sessenta, venceu por duas vezes a Grande Noite do Fado, então patrocinada pela Casa da Imprensa.

A sua vida artística tem-na levado a percorrer vários pontos do globo, Brasil, Angola, Moçambique, Grande Bretanha, Bélgica, Finlândia, Suécia, Dinamarca, Espanha, onde a todos eles levava um pouco desta música que percorre as ruas Lisboa.

Tem cantando nas mais prestigiadas casas de espectáculo da região de Lisboa, tal como no Casino Estoril, no Arreda, na Taverna do Embuçado, Lisboa à Noite, SR. Vinho, e no Clube do Fado. É convidada com frequência para cantar em festas particulares, congressos e hotéis, e em programas de televisão.

Para aceder ao site da fadista clicar no nome


JÁ NÃO ÉS A MINHA VIDA
DE TI NÃO TENHO CIÚME
OLHA QUE A ROSA CAIDA
MESMO DEPOIS DA COLHIDA
CONTINUA A TER PERFUME

JULGANDO QUE ME TORTURAS
PASSAS COM OUTRA A TEU LADO
EU NÃO CAMINHO ÁS ESCURAS
TENHO A LUZ DAS AMARGURAS
A ILUMINAR O MEU PASSADO

JÁ FUI A ROSA ESQUECIDA
QUE ESPERAVA A PRIMAVERA
AGORA TENHO OUTRA VIDA
JÁ NÃO SOU ROSA CAIDA
VOLTEI A SER O QUE ERA



video

Sem comentários: