Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

sábado, 29 de outubro de 2011

Divina do amor


Não há fados mal cantados por Fernando Maurício e muitos são emblemáticos no seu repertório como é o caso desta letra de Mário Raínho para a música do fado Britinho de Frederico de Brito


Ó divina do amor
Amante, mulher, irmã
Senhora amiga do lar

O teu rosto é uma flor
Orvalhada pla manhã
Que a minha voz quis cantar

Ó divina do amor
Minha razão de viver
A ternura em cada instante

Quem te deu esse esplendor
Que me dá gosto de ser
O teu amor teu amante

Minha menina crescida
Que Deus quis pôr a meu lado
Como irmã da minha dor
Por ti é que existe a vida
Por ti eu canto este fado
Ó divina do amor




video

Sem comentários: