Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Escravos e donos


Ainda não tinha trazido aqui Gabino Ferreira uma voz inconfundível do fado, que nasceu no Porto na freguesia do Bonfim, em 1922 e que tanto quanto julgo saber saber ainda está vivo

Canta aqui uma letra de Carlos Conde e música da marcha de Raúl Pinto, um dos seus fados mais populares.

Quem quiser ler mais sobre Gabino Ferreira pode consultar o blog do Vitor Marceneiro, Lisboa no Guiness.

No jardins da cidadela
Em dia alegre de Maio
Pelo caír da tardinha
Um aio solta a cadela
Qua rasga a carne ao lacaio
P’ra divertir a rainha

Depois, no salão doirado
Entre gente de alto porte
E figuras d’alta grei
Um bobo chicoteado
Pelos fidalgos da corte
Vai beijar os pés ao rei

E enquanto a seje real
Atravessa o picadeiro
P’ra ser mostrada á nobreza
Junto ao lago de cristal
Morre á sede um albardeio
P’ra recriar a princesa

Três quadros tristes, banais

Que em futuro mais feliz
Sem ódio nem opressão
Dirão bem quem vale mais
Se os escravos dum país
Se os donos duma nação


video

Sem comentários: