Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Fado Anadia


Não nego a minha condição de fadista conservador, reconhecendo todas as criticas que implicitamente me possam dirigir. Porém insisto em guardar o maior espaço deste cantinho ao fado tradicional, como é o caso deste regresso de Maria Teresa de Noronha cantando o fado Anadia letra de Marques dos Santos

Eu sei que no céu profundo
Nunca brilhou minha estrela
Sinto que a vida do mundo
Jamais poderei vivê-la

Penso que a vida que vivo
Não passa duma ilusão
Pois não encontro o motivo
Do bater do coração

Creio viver sem ter vida
Viver vida sem alento
Tal como folha caída
Andando ao sabor do vento

Não quero sofrer a sorte
Nesta má sina contida
Prefiro pedir a morte
Que me leva á outra vida


video

Sem comentários: