Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Não me venhas ver ao fado

Esta fadista já falecida mas ainda hoje recordada por muitas pessoas que ama o fado e os seus intérpretes e que não deixam passar a memória dos seus grandes nomes mesmo que já não estejam fisicamente entre nós

Para ler um pouco mais sobre esta fadista consultar o blogue Lisboa no Guiness

Esta letra é de Guilherme Pereira da Rosa a música de Francisco José Marque no fado Negro

Não me venhas ver ao fado
Por favor passa de lado
Vou começar nova vida
Deixa que eu amor te esqueça
Ou pelo menos que pareça
Que de ti já estou esquecida

Não me venhas ver ao fado
Deixa cair no passado
Ventura que já morreu
Já bem basta esta maldade
Ó pena de uma saudade
Que é tão tua como eu

Não me venhas ver ao fado
Onde um peito magoado
Canta mágoas e revoltas
Mas se voltas qualquer dia
É de tanta avé Maria
Que rezei pela tua volta



video

Sem comentários: