Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Prece


Este fado faz parte dum CD recentemrnte lançado onde se registam interpretações de 18 fados onde Carlos Zel a solo ou em duo com fadistas ou músicos, e ainda a introdução de Júlio César, a quem se deve a ideia das "Quartas de Fado", interpreta alguns exitos desses eventos


Esta Prece tem letra de Pedro Homem de Melo e música de Alain Oulman

Talvez que eu morra na praia
Cercado em pérfido banho,
Por toda a espuma da praia
Como um pastor que desmaia
No meio do seu rebanho

Talvez que eu morra dum tiro
Castigo de algum desejo
E que á mercê desse tiro
O meu ultimo suspiro
Seja o meu primeiro beijo

Talvez que eu morra entre grades
No meio duma prisão
E que o mundo, além das grades
Venha esquecer as saudades
Que roem meu coração

Talvez que eu morra no leito
Onde a morte, é natural
As mãos em cruz, sobre o peito
Das mãos de Deus tudo aceito
Mas que eu morra em Portugal



video

Sem comentários: