Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

De loucura em loucura

Trago aqui uma letra de João Dias que Ricardo Ribeiro canta para o fado cravo de Alfredo Marceneiro



Vou de loucura em loucura

Como quem anda á procura
De uma constante ilusão
Velho sonho em que persigo
Uma voz um rosto amigo
Perdido na multidão

Vou de loucura em loucura
Que o próprio vento murmura
Promessas de um bem ausente
Estranha alma é a minha
Que se sente tão sozinha
Entre tanta e tanta gente

Vou de loucura em loucura
Como quem anda á procura
De uma alma fugidia
Olhos perdidos nos céus
Eu canto pedindo a Deus
Pra me encontrar qualquer dia

video





Sem comentários: