Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Um fado é pouco


Sempre gostei imenso de ouvir Maria Valejo cantar, lembro-me que a primeira vez que a ouvi, na sua condição de fadista, foi há muito anos, na casa de fados que Tony de Matos geria. Lembro que ela fazia parte do elenco,  repartindo a actuação com o Tony e com outra grande fadista chamada Lídia Ribeiro.

Que é feito de Valejo ? Este minúsculo país consegue ocultar os seus melhores, enquanto dá guarida a qualquer palerma, que entende que usar o inglês para se exprimir é o melhor para as sua carreira, que dura por vezes muito pouco e não se alarga além de Badajoz

Este fado chamado Um fado é pouco tem letra de Artur Ribeiro para a música da  marcha de Raúl Pinto

Um fado só, não vai dar
Para contar à cidade,
Os sonhos que de mim trago,
Um fado, não vai chegar
Nem para dizer metade,
Do amor que te consagro,

Um fado só não é nada,
Para dizer cada anseio,

Do nosso amor sem razão,
Desta paixão desvairada,
Que não sei como é que veio,

Nascer no meu coração.

Para falar, de dois loucos,
Um fado só não vai dar,

Nem vai dar a minha voz,
Todos os fados, são poucos,
E mesmo assim, se calhar

Vai ficar além de nós


video

Sem comentários: