Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Sombra fugidia

Pronto para corrigir um lapso, pelo facto de não ter neste blog um fado menor cantado por António Rocha.

Embora não goste de adjectivar artistas, para muitos António Rocha, é o rei do fado menor, eu concordo é magistral e por certo um dos maiores

Esta letra é de sua autoria

Vem ó sombra fugidia
folha verde em meu Outono
gota cristalina e fria
nesta sede de abandono

Vem ó sombra fugidia
folha verde em meu Outono

Verde esperança sem sentido
onda revolta de mar
onde navego perdido
em busca do teu olhar

Verde esperança sem sentido
sentido de te alcançar

Vem enquanto a lua espreita
dorme o Sol em meu passado
E a saudade se deita
no meu leito abandonado

vem enquanto a lua espreita
o teu corpo imaginado

Trás uma nova alvorada
ao escurecer da minha idade
que já se sente cansada
de esperar tua verdade

Trás uma nova alvorada
pra matar essa saudade



video

Sem comentários: